Senti vontade de estar perto de ti, vontade de te rever de te sentir na minha face. Senti vontade de te ouvir….assim como o canto de um pássaro, senti vontade de passear junto a ti. Senti falta de mergulhar em ti de te sentir pelo o meu corpo, de sentir a tua frescura a percorrer-me. Tu nunca me  trais-te embora já tenhas traído a muitos. Dizem que és um menino rebelde que apenas te preocupas contigo mesmo, mas eu…..acho que és apenas solitário e gostas que outros assim como eu te vejamos sempre com um sorriso no rosto com um brilho no olhar ao ver-te ao longe. Sempre que penso em ti vem-me á memoria bons tempos, tempos felizes nada de tristezas, e junto a ti sou mais feliz sou mais eu, junto a ti encontro-me, faço juras a mim mesmo e sempre…sempre que te vejo te digo….até breve meu bom amigo…. meu amigo….Mar.