Estavas sozinha num canto em silêncio e triste…

Estranhei…. meti-me contigo…

Nada me disseste….

Fomos para outro sitio….onde estava a tua actual metade…passaste por ele sem dizer nada e ai percebi …o porquê da tua angustia

Ainda assim perguntei se estava tudo bem contigo …e tu… num olhar embargado com aquele brilho que me é familiar…

Disseste: “eu estou bem ….mas faz me um favor…..sê feliz” e saíste de perto de mim com um lágrima no olho

Fiquei sem chão naquele momento sem saber se te acudia ou me deixava estar quieto para não me magoar mais e nem me meter na tua vida …

Ao longe choravas ….eu pelo canto do olho via-o,  era como que guiado até onde te encontravas….

Mas…..não vou cometer mais erros…a vida é assim e não quero voltar para onde sei que me dói, que me magoa….

Ainda assim cavalheiro …..levei te a casa sem proferir uma palavra sobre o assunto.

Á porta disse-te: “Dorme bem …..não penses no passado. Vive o presente e olha para o futuro…um beijo”